Validation of a Portuguese version of the health‐related quality of life measure for active chronic otitis media (COMQ‐12)

Citation data:

Brazilian Journal of Otorhinolaryngology (Versão em Português), ISSN: 2530-0539, Vol: 84, Issue: 6, Page: 708-712

Publication Year:
2018

No metrics available.

DOI:
10.1016/j.bjorlp.2017.10.011
Author(s):
Anna Carolina Oliveira Fonseca; Pedro Ramos; Fernando A. Balsalobre; Edson L. Freitas; John S. Phillips; Matthew W. Yung; Ricardo F. Bento
article description
Measuring the impact on quality of life, especially after the beginning of the treatment, is becoming increasingly important in healthcare. The aim of this study was to translate the Chronic Otitis Media Questionnaire‐12 (COMQ‐12) into Portuguese language and validate this version in a group of patients with chronic otitis media. The Portuguese version of COMQ‐12 was obtained by translation and back translation. Portuguese speaking patients with a history of active chronic otitis media were asked to complete the COMQ‐12 Portuguese version. Cronbach's α coefficient was calculated for an estimation of the internal consistency of the questionnaire. A total of 100 patients were included in the study; 49 women and 51 men, with a mean age of 39 years (range 12–77 years, median 40 years). The average COMQ‐12 score was 29, out of a maximum score of 60. Cronbach's α result for the Portuguese version of the COMQ‐12 was 0.85, indicating a high internal consistency. The participants presented with different forms of chronic otitis media, and almost all domains of the COMQ‐12 questionnaire were able to differentiate between patients with healed chronic otitis media and patients with cholesteatoma or wet tympanic membrane perforation. Showing that patients with healed chronic otitis media have a better quality of life, measured by the COMQ‐12, is a first step to guarantee the questionnaire's validity. The next step will consist on routinely using the questionnaire in patients undergoing surgery for chronic otitis media in order to evaluate their quality of life after treatment. The COMQ‐12 Portuguese version showed high reliability, and may be used as an assessment of quality of life in patients with chronic otitis media. Medir o impacto na qualidade de vida, especialmente após o início do tratamento dos pacientes, está se tornando cada vez mais importante nos cuidados da saúde. O objetivo deste estudo foi traduzir o Questionário de Otite Média Crônica‐12 (COMQ‐12) para a língua portuguesa e validar essa versão em um grupo de pacientes com Otite Média Crônica. A versão em Língua Portuguesa do COMQ‐12 foi obtida através de tradução e posterior retrotradução. Pacientes nativos da língua portuguesa com histórico de OMC ativa foram convidados a completar o COMQ‐12 em Português. O coeficiente α de Cronbach foi calculado para estimar a consistência interna do questionário. Um total de 100 pacientes foram incluídos no estudo; 49 eram mulheres e 51 eram homens, com média de idade de 39 anos (variação: 12 a 77 anos, mediana de 40 anos). O escore médio do COMQ‐12 foi 29, de um escore máximo de 60. O resultado do coeficiente α de Cronbach para a versão em português do COMQ‐12 foi de 0,85, indicando que sua consistência interna era alta. Os participantes apresentavam diferentes formas de otite média crônica e quase todos os domínios do questionário COMQ‐12 foram capazes de diferenciar entre pacientes com otite média crônica curada e pacientes com colesteatoma ou perfuração úmida de membrana timpânica. Demonstrar que pacientes com otite média crônica curada apresentam uma melhor qualidade de vida, medida pelo COMQ‐12 é o primeiro passo para garantir a validade do questionário. O próximo passo será utilizá‐lo rotineiramente em pacientes submetidos à cirurgia para otite média crônica e avaliar a qualidade de vida após o tratamento. A versão em português do questionário COMQ‐12 mostrou alta confiabilidade e pode ser utilizada como questionário de medida de qualidade de vida em pacientes com otite média crônica.